As blogueiras

Leonina e geniosa, se você souber ler minhas entrelinhas conseguirá tudo que deseja. Não faço amizades facilmente, mas sou leal às que tenho mantendo-as para a vida toda. Demoro a dar “bastas”, mas quando digo não, normalmente é minha resposta final. Dou um boi para não entrar numa briga, mas uma boiada para não sair dela. 

Sou a mãe do Fernando e percebi que aprendi mais com ele do que ele comigo. Apaixonada por meu filho, acordo mais cedo para vê-lo dormir e choro com cada gracinha nova. Somos acima de tudo, amigos. Sou Advogada e defendo todas as causas que acredito, mas só consigo pensar e preparar teses durante a noite. 

Não acordo de mau humor, mas não espere demais de mim antes das 16h. Uma leitora compulsiva que não sai de casa sem um livro na bolsa, mesmo sabendo que, na maioria das vezes, não vai conseguir nem abri-lo. Adoro promoções pela internet. Apaixonada por séries, especialmente “E.R” do produtor Michael Chricton. 

Algumas pessoas acreditam que eu me isolo, entretanto, afirmo que sou seletiva, não tenho o menor medo de ficar sozinha, afinal, sou uma excelente companhia. Muita coisa para poucas palavras, caminho perseguindo alguns sonhos, espero levar em minha bagagem um pouco daqueles que amo, assim como deixo a todos um pouco de mim. Sempre. Eternamente.


Compro mais do que leio, leio menos do que gostaria, mas sempre leio dois livros ao mesmo tempo, alguns dizem que é loucura, eu digo que é necessidade. Tenho que ter a mente ocupada com histórias, gosto de saber, de entender, desvendar, me emocionar (nem tanto, prefiro suspense e policial) de finalizar, talvez por isso faço isso em dobro. Para não sentir falta nunca.

Não tenho memória de mim, sem um livro na mão, um na bolsa, um no carro, enfim, faz parte do meu universo desde sempre. Como diz minha mãe, eu me contento até em ler frasco de shampoo ou bula de remédio. Capricorniana, ou seja, ciumenta, de tudo, amigos, amores, filhos, livros, trabalho, tudo. E se eu deixar você se aproximar, esteja ciente desses riscos. Sou ciumenta sim. Tenho poucos amigos, não faço amizades facilmente, mas mantenho as que conquisto.

Mãe de 3, e a maternidade me fez aprender e entender muitas coisas... boas... ruins. Dou a vida pelos meus filhos. Não, não planejei nem ser mãe, mas Deus quis me presentear com um monte. Maktub! Sou da noite e não do dia. Geralmente começo a ficar de bom humor lá para as 11:00pm. Música é combustível para mim. Tantas coisas me definem, mas acima de qualquer uma delas, ser feliz é a principal. Eu tenho uma saudade infinita dentro de mim, de pessoas, cheiros, momentos, gostos. Vou tentando viver a vida conciliando tudo isso.

Mas palavras no final, não vão conseguir me definir.