21 janeiro 2015

{Resenha} O Sexto Homem - David Baldacci

Nome do livro: O Sexto Homem
Autor(a): David Baldacci
Editora: Arqueiro
Nº de Pág: 352
Classificação:
Sinopse: Sean King e Michelle Maxwell estão no Maine. Mais precisamente, na pequena cidade de Machias, onde fica Cutter’s Rock, um presídio de segurança máxima que abriga os criminosos mais abomináveis dos Estados Unidos. É ali que está Edgar Roy, o homem que precisa da ajuda deles. Sean e Michelle foram contratados por Ted Bergin, o advogado de Roy, que pede que os investigadores descubram evidências em que ele possa basear a defesa de seu cliente. Ted, no entanto, não tem chance de lhes dar mais detalhes sobre o caso. A caminho de seu primeiro encontro com os investigadores, ele é morto na estrada, com um tiro à queima-roupa. Ex-professor de Sean, Ted o ajudou em um momento difícil de sua vida. Sean não vai deixar que sua morte fique impune. Só que nada na vida de Ted parece motivar um assassinato – a não ser que haja algo obscuro no caso de Edgar Roy. E, ao investigá-lo, Sean e Michelle podem incomodar os altos escalões do governo dos Estados Unidos. Numa trama em que a vida e a morte se enfrentam em cada página, David Baldacci expõe segredos por trás da CIA, do FBI e da NSA.

Edgar Roy tem uma mente brilhante. Mais do que brilhante, única. E não foi surpresa quando o governo dos Estados Unidos o convocou para servir seu País. Só que em vez de apontar armas contra inimigos, ele passa doze horas por dia diante de uma tela, analisando os dados coletados pelo serviço de espionagem norte-americano. Todas as informações colhidas por agentes infiltrados, espiões, escutas telefônicas, programas de computador, drones e satélites acabam se concentrando diante dele. Todas. 

Edgar é a própria inteligência, ninguém mais tem a capacidade de analisar esses dados e traçar estratégias políticas seguras. Graças a ele, por exemplo, o governo conseguiu evitar outro 11 de Setembro. É esse homem brilhante que agora está catatônico e preso numa instituição federal de segurança máxima, acusado de matar seis pessoas e enterrá-las na fazenda de sua família. 

Será que todo gênio tem um lado sombrio? O homem que usa sua mente para proteger milhões de pesoas todos os dias também a usaria para ceifar algumas vidas?

E o que eu achei? 

Eu sou fã de Baldacci e você pode conferir outras resenhas dele, inclusive com a dupla de detetives protagonistas Sean e Michelle Aqui e Aqui, entre outros que ainda não resenhei.

Esse livro chegou para mim em um momento complicadíssimo, afinal eu estava paga ganhar bebê, então fui protelando a leitura um pouquinho quando, enfim, achei que conseguiria ler e resenhar rapidinho devido ao prazo, me lasquei profundamente. O livro não é pra ser lido com essa depreciação! 

A narrativa é super inteligente, trata-se dos segredos obscuros das maiores agências de segurança dos EUA, envolve a CIA, o FBI, entre outras agências não regulamentadas. Sean e Michelle são contratados para descobrir se Edgar Roy é realmente culpado, porém tanta gente tenta impedir que está na cara que houve alguma armação para a prisão. E tanta coisa acontece que não dá pra saber em quem confiar, um livro com tantas tramas não era pra ser lido assim de uma hora pra outra, portanto tive que realmente me dedicar, e fazer isso com um bebê de pouco mais de 1 mês se tornou tarefa quase impossível. 

O livro traz questões importantes e a principal dela é: politicagem. Baldacci sempre traz uma questão assim para seus livros, como se tivesse colocando o dedo na ferida de alguém, e confesso que dá pra imaginar que tudo aquilo por detrás da "literatura" pode sim ser real, e isso é o que nos dá: MEDO!.

Jogos de ambição, de poder, estão à prova a todo momento, assim como assassinos que não se importam de onde estão vindo ordens e como sempre, a casa branca está envolvida em alguma coisa obscura. Verdade ou Mentira?

O que importa é que nesse livro de ficção, essas perguntas são todas respondidas, colocando pingos nos is, e deixando a gente de cabelo em pé para saber qual sera o desfecho

Sean e Michelle estão, digamos, aprimorando seu relacionamento, com tiradas de ironia e bom humor, mesmo que no meio do caos eles conseguem, ainda que aos trancos e barrancos, arrancar respostas que eu não conseguia enxergar de algum lugar, afinal, o serviço de detive particular nem sempre é descobrir algo, vai além, como tentar juntar peças de um quebra cabeça que parece não ter fim e ainda colocar a vida pessoal e das pessoas que ama em risco. 

Um livro inteligente, para ser lido com calma, com vontade. Caso contrário será como a minha leitura, demoradinha, já que eu não estava dedicada 100% ao livro. 

Esse livro trata-se de uma série, que tem seus primeiros livros publicados por outra editora, esse se não me engano é o 5º livro e vou torcer para a Arqueiro lançar os outros e de preferência na ordem, já que é feito referências aos outros livros durante a narrativa. 

Espero que tenham gostado e que se permitam a aventura.

Espero também voltar em breve, minha licença maternidade está já já terminando e estou morrendo de saudades de interagir, comentar, visita-los e a minha maior saudade é: ler. 

Um beijo grande.

4 comentários:

  1. acho bem bacana a versatilidade, afinal ele escreveu um lindo romance em um certo verão aposta em uma trama mais voltada para o policial, acho bem legal conhecer diferentes vertentes
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito deste livro, e espero ler outros desta série. Seria bom mesmo se a Arqueiro publicasse os outros volumes.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Saaara, primeiramente
    Aproveite sua licença maternidade para descansar e ler também.

    Gostei do enredo. Li algo parecido em Roleta Russa e achei incrivel. Descobri que adoro esses livros e que quero mais sobre o tema hahaha.

    Gostei muito da sua resenha e o problema é que é uma série né??? Nossa gente, eu tô com taaanto livro que eu estou fugindo... Espero que a arqueiro lance logo todos os livros *-*


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Sara-linda!
    Como vai a nova mamãe nesse ano novo? :) Desejo a você e sua família, flor, muita paz e saúde!
    Adorei finalmente voltar a visitar o blog e encontrar essa resenha! Eu nunca li nada do autor, e confesso que não dava nada pelo livro, mas notei que estou perdendo tempo em não oferecer a ele uma chance. Esse livro, em especial, conseguiu atrair minha atenção. Sua opinião expressa uma narrativa envolvente e um enredo complexo, que entretém e também nos faz pensar.
    Vou procurar conhecer o autor, flor.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!