12 agosto 2014

[Resenha] Dias melhores pra sempre - Maurício Gomyde

maurício Gomyde
Nome do livro: Dias melhores pra sempre
Autor(a): Maurício Gomyde
Editora: Porto 71
Nº de Pág: 230
Classificação: 
Sinopse: Bruno dizia que um dos grandes desafios da vida é conseguir provar que as teorias estão erradas. Quando seu grande amor deixa de reconhecê-lo, ele precisa se transformar como nunca para tentar reconquistá-lo. Conseguirá ele contradizer o destino e provar que é possível colocar por terra tudo o que afirmavam? Superação e retribuição em mais este incrível romance de Maurício Gomyde, onde tudo o que já se imaginou sobre o amor será levado ao limite da mais doce loucura.
Começo essa resenha confessando a vocês que fiquei com medo de não conseguir fazer algo digno do autor nem à altura desse livro. Por mais que eu trabalhe com as palavras diariamente, tentando convencer juízes, quando você lida com sentimento é diferente e eu já adianto, este pequeno conjunto de palavras está longe de retratar a realidade de tudo que senti lendo a história de Bruno e Micaela. 

Contada inicialmente pela "Parte 2", percebemos a narrativa no presente, no momento em que 4 amigos de faculdade estão em um chalé em Bom jardim da serra - RS. Bruno, Micaela, Dante e Karina irão seguir caminhos distintos nessa nova fase de suas vidas, assim, nada melhor do que comemorar essa passagem, no local que era o refúgio deles.



Nesta fase da história não conhecemos muito sobre cada um, sabemos apenas que Dante e Karina são um casal e que Bruno é apaixonado por Micaela, sem saber se era correspondido. Um beijo roubado poderia mudar e comprometer a belíssima amizade deles?

Iniciamos a "Parte 1" onde vamos entender como chegamos até alí e mais de cada um deles. Bruno é um lindo surfista que mora em Florianópolis, está no 4º ano da faculdade de medicina e decide passar suas últimas férias, antes do ultimo ano, surfando com amigos no Havaí. Em alto mar, sentado em sua prancha e curtindo o melhor momento de sua vida, ele vê seus sonhos irem por água abaixo. A mordida de um tubarão levou não só uma de suas pernas, mas toda sua auto-estima.


Agora, de volta a seu país, totalmente dependente da família e fazendo uso de uma cadeira de rodas e muletas, Bruno se vê em uma realidade completamente diferente, a de um deficiente físico. Impedido não só de andar, mas de surfar, ele está também sem namorada, que não aguentou a barra e o abandonou! Bruno entra em uma depressão profunda!


E é com a ajuda da doce e persistente Micaela, a aluna que sempre lhe passou despercebida por ser nerd, que ele consegue se redescobrir na deficiência. Presente desde sua chegada no aeroporto, segurando uma placa escrita "Força, campeão!" ela se pôs ao lado dele em todos os momentos mais difíceis de sua nova vida, acreditando nele, muito mais do que ele mesmo poderia. Morando sozinho e fazendo uso de uma prótese, Bruno reaprende não só a andar, como a viver e dar valor às coisas realmente importantes.


Mas o destino não navega em águas calmas e irá novamente desafiar a sua fé!




Ahhhhhhh se me deixassem eu ficaria aqui falando horas sobre essa linda história de amor e superação, mas eu tiraria de vocês, a chance de vivê-la e longe de mim causar-lhes tanto mal assim.


Uma das coisas mais gostosas da narrativa do Maurício é que é impossível ler um livro dele em mais do que 24 horas, você vai lendo, vai lendo e quando vê, o sol nasceu, rs. Ele deu vida a esses personagens, de forma a me fazer crer, piamente, que lá em Florianópolis vivem um Bruno e uma Micaela.

Há alguns bons meses eu não favoritava um livro, não vivia uma história de amor desejando que em algum lugar ela fosse realmente verdadeira e muito menos, me emocionava com um exemplo de superação e amadurecimento, como foi o caso do Bruno e de amor puro e persistência como é a Micaela.

A Micaela é aquela pessoa doce e tímida, que é praticamente "invisível" por não fazer parte do grupo dos populares. Ela carrega um pesado fardo com sua história familiar e como se não bastasse encontra tempo e forças para fazer com que o Bruno, uma pessoa que ela só conhecia de vista, superasse uma dificuldade. Quando Bruno poderia se manter naquele estado de comiseração, ela conseguiu fazê-lo parar de sentir pena de si mesmo, levantar e seguir em frente! Se isso não é amor, juro que não sei o que é então! 


O Bruno, por sua vez, amadurece de forma gradativa mas palpável, sendo possível sofrer suas angústias e também, torcer por suas pequenas vitórias diárias.


Aqui as coisas não acontecem do nada, muito embora "Dias melhores pra sempre" não seja um livro extenso, tudo acontece a seu tempo e é exatamente isso que dá condições para que a gente confunda a ficção com a realidade. Em diversos momentos desejei que tudo aquilo fosse verdade e que existisse um Bruno pra mim!


A estrutura da narrativa, como a questão temporal ao longo do livro, é simplesmente magnífica, assim como a maneira com que ele consegue inserir diversos clímax na história, dando-nos apenas uma pequena chance de respirar antes de mais uma e maior reviravolta. A vida real é exatamente assim, uma eterna montanha russa, colocando em xeque nosso amor e nossa fé diariamente.


Para vocês terem uma ideia, durante a "Parte 3" toda, me peguei, diversas vezes, prendendo a respiração, de tão tensa que eu estava com os acontecimentos e por não saber aonde eles iriam me levar.


Este é o segundo livro que li do Maurício, que já se tornou um dos meus autores favoritos e queridinhos, posição conquistada pela genialidade na forma de contar histórias simples.


Amor não se compra, compaixão não se implora, paixão não se pede, pena se ignora. Pág 59.

45 comentários:

  1. Oi Chys!

    Nunca li nada do Maurício Gomyde, mas fiquei super a fim de ler algo depois que Novo Conceito publicou "A Máquina de Contar Histórias". Para falar a verdade, nunca tinha ouvido falar dele... Se não, suponho que já teria lido alguma coisa bem antes.

    Gostei bastante da premissa de "Dias Melhores pra Sempre", muito mesmo. Eu adoro esse tipo de estória que envolve amor e superação. A questão é que ando tão sensível que não sei se seria um bom momento para ler um livro assim, mesmo tendo ficado curiosa.

    Beijos!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Clara, menina, Se não leu, deveria, corre!!!
      Ah se não é momento para esse leia outro, o importante é você conhecer esse fenômeno chamado Maurício.

      beijos

      Excluir
  2. Maurício tem esse dom de mexer com as palavras e com a realidade de forma tao única que você nunca sabe o que é realmente ficção!
    o que mais gosto é que ele trata de forma humana seus personagens!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaila, sim... os personagens têm vida, têm história, são como nós... fica difícil não se colocar no lugar de cada um... mágica com as palavras, isso que ele faz!!!!

      Excluir
  3. Hahaha...é sério? Ver o sol nascendo? Por mais que eu goste e me envolva com um livro, nada tira meu sono, e quando ele chega ninguém me segura, não tem livro ou história que consiga tal façanha...nunca virei noite atracada num livro rsrs.
    A história de Bruno e Micaela é trágica, triste, emocionante, e o amor vai nascendo inesperadamente e quando percebemos temos uma linda história de amor...chorei, chorei, chorei e depois chorei mais ainda: "noventa por cento coração, dez por cento razão!"

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Paty, é sério!
      Isso quando não deito na cama e fico pensando na história até levantar e voltar a ler... hehehehe mas precisa ser ão bom quanto esse, claro!!!
      Esse quote é tudoooooo!

      beijos

      Excluir
  4. Chrys, minha amiga, que delícia de resenha! Vc tem uma facilidade com as palavras... fala direto com o leitor e o arrasta pela mão para que ele não perca os detalhes que vc captou tão bem.
    Sei como o Maurício desvenda sentimentos... ele constrói personagens corajosos, que habilidosamente desnuda para o leitor, apresentando-os como são, revelando suas fraquezas e sombras.
    Já li dois livros dele e este, com certeza, está na minha mira.
    Quero muito conhecer esta história de amor e superação.
    Beijoooooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manuh, minha querida...
      Adoro quando vocês gostam da resenha, quando elas os instiga, mas não poderia ser diferente, o livro é maravilhoso!
      Leia este e você vai amar!!!

      beijos

      Excluir
  5. Oi, Chrys, quando alguém que possui meu respeito (como você) diz que é um livro que não se larga, mesmo com as horas passando, eu presto muita atenção, muita mesmo. Porque eu amo quando uma leitura me prende assim, seja pelo motivo que for. Durmo muito pouco, e como onde moro é muito barulhento, leio e escrevo mais de madrugada. Livros assim me curam!
    Gostei da sua resenha, você coloca as caras na mesa sobre como é o livro, mas esconde as cartas mais importantes, para o leitor criar seu próprio jogo quando for ler o livro!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus Tati,
      Eu que sou sua fã e você me fala uma coisa dessas, choquei! rs
      Espero que você consiga ler este livro, volte para me contar o que achou e se delicie com Bruno e Micaela.

      beijos

      Excluir
  6. Oi Chys,
    Acontece isso comigo direto, o livro é tão bom que quando percebo já é de manhã. Enfim, a narrativa do Maurício é maravilhosa, né? Também li dois livros dele é adorei. O que eu chorei muito foi O Rosto que precede o sonho (leiaaaa!), eu tenho Dias melhores pra sempre aqui é vou ler em breve. O Maurício também virou um dos meus autores favoritos.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jessica,
      A Narrativa dele é show de bola...não tem como não suspirar lendo.. é emoção em cada vírgula, ponto, letra!
      Ai que bom ouvir isso! Nosso favorito então. hehehehe

      beijos

      Excluir
  7. Olá Chrys, menina sou assim como você, quando o livro prende, é impossível largar sem ter lido a ultima pagina, o que ocasiona um noite sem dormi. Contudo é gratificante, não é!
    Bom sobre este autor em questão., devo confessar que já sou fan dele, sem ter lido qualquer livro. Sim, pois a cada resenha que leio dos livros dele, fico mais fascinada e apaixonada pela escrita. Todos leitores dizem a mesma coisa, então como não apaixonar-se e tornar fan.
    Sobre este livro, bom não preciso dizer que estou me coçando aqui para começar a ler. A historia e a forma que você resenhou, contando em como foi cada fase, o sofrimento, a superação e o amor... me fez ficar encantada e curiosa.
    Espero em breve poder ler esta obra, e me deliciar e fantasiar nesta incrível historia.
    Parabéns flor pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,
      Acho tão difícil um autor conseguir prender como ele fez comigo... e fiquei tão grata por isso!
      Encantada você vai ficar quando ler, corre aninhaaaaa!
      Beijos

      Excluir
  8. Ola lindona ainda não consegui ler nada dele e já estou com urticárias para ler o lançamento dele e agora com essa ótima resenha mais uma de suas obras para ler . Ainda mais que o livro muito bem na leitura , adoro nem vemos o tempo e logo o livro acaba deixando aquela sensação de quero mais . Pelo visto o livro vai trazer histórias de superação vou adorar . beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joyce,
      Então faça o favor de correr com isso, porque o cara é f.... piiiiiiiiii proibido! rs
      Você vai amar, difícil quem não tenha gostado tanto desse livro!

      beijos

      Excluir
  9. Olá Chrys!
    Gente que resenha foi esse, eu amei.
    Amo a escrita do Maurício, só li um livro dele até hoje que foi O Rosto Que Precede o Sonho e fiquei encantada. Pelo visto esse livro também é maravilhoso e estou louca pra comprar e ler. Amo histórias de amor e superação. Adorei o quote que você colocou no final.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Su, obrigada! Que bom que você gostou...
      Espero que tenha sido o suficiente para te fazer correr atras do prejuízo que é não ter lido esse ainda!

      Beijos

      Excluir
  10. Aaaaaah, os livros do Maurício... *-*
    Concordo com vc, não tem como não ler tudo de uma vez. Os 4 que li dele foram em 1 dia só. rs! Teve um que eu levei pro mercado; enquanto vovó pegava as coisas, eu apoiava o braço no carrinho pra ler. kkkkkkkkkkkk
    Esse livro é sensacional! Ele conseguiu trazer um assunto que eu nunca tinha ouvido falar e encaixou bem na história, suscitando discussões sobre beleza, autoestima e aceitação social. Amei, como todos.
    E essa frase que a Paty colocou é mesmo linda! ♥
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giu,
      Não é fantástico. Aprendi muita coisa sobre cérebro nesse livro porque fui pesquisar.
      Achei incrível! Predileto fácil!

      Beijos

      Excluir
  11. Olá,
    Muita gente fala tão bem desse autor que eu tenho muita curiosidade de ler alguma coisa escrita por ele. Gostei muito da premissa de "A Máquina de Contar Histórias" e pretendo ler em breve, esse em um primeiro momento não me interessou muito, mas quem sabe com o tempo eu acabe me interessando, até porque parece ser uma leitura incrível.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus,
      Leia A máquina de contar histórias que foi por onde comecei também. Mas te aviso é impossível ler um só!
      Beijos

      Excluir
  12. Oi,

    Só ouço mais que elogios sobre o livro do autor, e esse com certeza está na minha lista de livros que eu quero, ele parece ter um diferencial que o distingue dos outros livros normais, percebo isso pelas resenhas, ele poderia ser mais um livro normal, mas parece que transmite coisas que nem tem todo autor consegue fazer isso. Preciso desse livro.

    Mayla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mayla,
      Ele por si só se distingue. Ele é um autor atencioso e que está sempre atento às observações e comentários. Merece todo o meu respeito!
      Leia leia leia!
      Beijos

      Excluir
  13. Sabe aquele livro que a gente olha para capa e acaba nao se identificando e diversas vezes perde um grande história por conta disso? É exatamente a minha relação com Dias melhores para sempre.
    Mas essa não é a primeira resenha altamente positiva que eu leio. Então só vou dizer uma coisa: preciso conhecer as escrita do autor, e mais, preciso ler esse livro em especifico porque sei que vou me emocionar!

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa do céu!
      Minha querida corre pra ler porque você está perdendo uma história e tanto! A Narrativa dele é tão boa, tão fluida que você nem percebe quanto já leu e quanto falta ler!

      Beijos

      Excluir
  14. Nossa! Terminei de ler a sua resenha com lágrimas nos olhos... acho que estou mais sensível e emotiva, porque ando chorando facilmente. Quero essa história... porque gosto de um romance que me marca e que me faz embarcar junto sabe... mesmo que eu não o viva, quero sentir a sensação de presenciá-lo e eu senti isso só com os pontos que você abordou... fico imaginando o que deve passar na cabeça de uma pessoa quando de repente sua vida muda e que tem certas limitações como consequência... nesses momentos somente os familiares e amigos verdadeiros pode ajudar... e adorei o quote... colocando o livro no meu skoob. Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own Diana!
      A história de superação de Bruno é lindíssima! Me coloquei no lugar dele diversas vezes e Meu Deus! Não quero nem imaginar! Micaela teve um papel importante, nos dando uma lição incrível sobre amor, persistência e paciência!
      Beijos

      Excluir
  15. Oi Amada!
    Que apaixonante essa sua resenha! Todo mundo fala tão bem desse autor que sou obrigada a ler os livros dele, vc falou com tanta empolgação desse livro que vou começar por ele, mesmo que eu morro em Floripa, eu adoro ver minha cidade na literatura!
    Linda resenha!
    Beijos
    Paulinha Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulinha,
      Comece sim, hoje se possível kkkk
      Ai se você mora aí vai se identificar com os lugares que o Maurício cita, vai amar!!!
      Beijos

      Excluir
  16. Li apenas um livro do autor, mas era bem diferente, não tinha toda esta tensão. Gostei muito dele e espero ler este também, pois tenho certeza que será uma grande leitura como você mesma disse.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose minha querida,
      Este livro tem muitas reviravoltas do destino, é lindo e nos ensina... completo!!!

      Beijos

      Excluir
  17. Oi, Chrys!
    Eu nunca li nada ndo Gomyde, mas sua resenha me deixou ainda mais curiosa. Coitado do Bruno, imagino como esses acidentes, que acontecem todos os dias no mundo, mudam a vida de uma pessoa. Ainda bem que a Micaela aparece bem na hora certa pra ajudar. Ai, quero saber o desfecho! haha

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rayssa,
      Então meu bem, você tem que ler. É como o primeiro amor, intenso e marcante, não deixe de ler e se apaixonar!

      Beijos

      Excluir
  18. Oi,
    Li 2 livros do autor e ambos foram maravilhosas e prazerosas leituras.
    Esse inclusive estou com ele aqui na estante pra ler, o que gosto da escrita do autor é exatamente o jeito que ele coloca tais situações, aqui pelo que entendi tudo acontece no devido tempo.
    Sei como é escrever um resenha diante de uma leitura tão boa, sempre acontece comigo, ainda mais com o livros do Mauricio.
    Beijos Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari,
      Se você tem o livro, está fazendo o que que ainda não leu???
      Corre, abrace essa leitura e delicie-se com esse mundo novo criado com tanto carinho e estudo!

      Beijos

      Excluir
  19. Morro de inveja de quem consegue ler até perceber que o sol nasceu... eu simplesmente durmo, não importa o quão maravilhosa a história seja! rs... Adoro quando os personagens parecem realmente reais, e o Maurício tem mesmo o dom de fazê-los assim. Li três livros do autor, mas ainda não consegui encaixar esse na fila, mas fiquei ainda mais curiosa com a leitura depois que você disse que chegou a se pegar prendendo a respiração de tanta tensão. Espero conseguir ler logo!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Eu não consigo dormir pensando Ju, chego a sonhar, daí me rendo....
      Sim, na Parte 3 eu fiquei tensa o tempo todo pois não sabia onde o autor iria nos levar. Água nos olhos e aperto no coração!

      Beijos

      Excluir
  20. Oi Chrys!
    Acredita que ainda não li nada do Maurício. ? Pois é, eu sei que deveria ler mas é que ainda não tive a oportunidade rs
    Sua resenha está espetacular! Suas palavras tiveram o poder de fazer com que eu desejasse esse livro pra ontem rsrs Adoro livros com essas reviravoltas, pois elas sempre são capazes de mexer com o meu emocional :)
    O livro com certeza foi para a lista de desejados.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taty,
      acredito porque até bem pouco tempo eu também não tinha lido nada, mas bastou um livro ou menos que isso para que ele ganhasse uma fã doida de pedra...kkkkkk
      Adoro e super indico!!!!

      beijos

      Excluir
  21. Chrys, quando você conseguirá me fazer ler uma resenha sua sequer sem me sentir completamente louca para me afundar nos livros que você leu!? Eu adoro cada palavra sua, sempre cheia de uma sinceridade marcante e sensível. Eu ainda não li nada do Maurício, mas o último lançamento dele por aqui… Pretendo começar por ele e depois partir para um e-book que tenho também. Depois de me tornar sua fã, provavelmente correrei para conferir Dias Melhores Pra Sempre, com certeza, kkkk. Sei que será impossível não me sentir assim, envolvida pelo talento deste autor. Sinto orgulho por saber que é NOOOOSSO patrimônio cultural (haha). Brasileiríssimo.
    Beijo carinhoso, flor! Linda resenha.

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fran,você é uma querida!
      Você ira entender essa intensidade quando tiver contato com as palavras do Maurício, quando entender a urgência delas!
      Simmmm também sinto um orgulho descomunal!!!
      Beijos e obrigada pelo carinho de sempre!

      Excluir
  22. Olá Chrys, tudo bem?

    Eu fiquei perdidinha achando que o Maurício tinha me dado um livro com defeito, justo pelo fato de ele começar pela parte 2. Fui perturbar todo mundo até descobrir que era assim mesmo. Ele é um dos livros mais tocantes do Gomyde e a cada um novo que ele publica, ele se supera!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Pamela, também fiquei! Exatamente assim, achando que ele tinha mandado um livro com defeito, mas aí parei e pensei: Não, é pegadinha, deixa eu ver o próximo... kkkk
      É a mágica que falei da narrativa e do tempo!
      Beijos

      Excluir
  23. Adoreiii o quote final. Até publiquei no face!! Para começar bem a semana *-*

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!