07 março 2014

[Resenha] Amigas para sempre - Kristin Hannah

Título: Amigas para sempre
Autor(a): Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Nº de pág: 448
Gênero: Drama
Sinopse: Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.
-Nunca é bom ficar sentada esperando que alguém ou alguma coisa mude a nossa vida. É por isso que mulheres como Gloria Steinem estão queimando sutiãs e fazendo protestos em Washington.
- Para que eu possa fazer amizades?
- Para que você saiba que pode ser o que quiser. (...) Mas você precisa se arriscar às vezes. Se abrir para o mundo. Uma coisa que eu posso lhe dizer com certeza é o seguinte: na vida, a gente só se arrependo do que não faz.
Talullah Hart, ou como ela prefere, Tully, jamais conhecera o pai e foi abandonada pela mãe (uma hippie viciada em maconha) na casa dos avós quando tinha apenas 2 anos. Ela voltou algumas vezes, mas sempre ia embora e magoava ainda mais a pequena Tully, que cresceu com a extrema necessidade de provar à mãe que um dia ela sentiria orgulho dela!

Sim, uma das vezes em que Dorothy Hart, ou "Nuvem" voltou, Tully tinha 14 anos. Elas foram morar na Alameda dos Vaga-Lumes, exatamente onde Kathleen Mularkey morava. Kate era o extremo oposto de Tully, desengonçada, usando aparelho e óculos de armação gigantescas, ela estava longe de ser bonita e popular, na verdade sequer tinha amigas.

A menina linda e popular e a garota mais legal do mundo se tornaram amigas, daquelas que são para sempre! Elas foram juntas para a faculdade de jornalismo e dividiram o mesmo sonho: ser âncoras do telejornalismo.

Mas, enquanto Tully corria atrás de seu sonho profissional, Kate se questionava se queria isso mesmo ou se mais uma vez estava à sombra da amiga. Enquanto uma se dedica total e completamente à sua vida profissional, a outra se casa e vira "mãe em tempo integral". 

Contudo, essa perfeita amizade é colocada em xeque. Uma amizade verdadeira que superou as décadas de 70, 80 e 90 é capaz de resistir à uma traição típica do novo milênio?


Preciso confessar aqui que não consigo ler livros fora da sequencia. mea culpa. E que me desculpe a Editora Novo Conceito, mas sim, "Amigas para sempre" é sim o primeiro volume da série "Firefly Lane" e não recomendo a leitura de "Por Toda a Eternidade" antes desse volume antes!!!

Amigas para sempre foi o primeiro livro da Kristin Hannah que li, eu já tinha ouvido tantas coisas boas sobre seus outros lançamentos e tenho tanta dificuldade em vê-los disponíveis para troca no skoob que resolvi investir. Mergulhei nessa linda história e quase que me afoguei em minhas próprias lágrimas! Leitura obrigatória, povo!!!!

A narrativa é encantadora e os detalhes são dados com perfeição, mas sem exagero, de forma que você consegue distinguir muito bem a passagem do tempo. Em pouco mais de 400 páginas a autora consegue abordar taaaantos temas, que fico pensando que ela é nada menos que um gênio!

Eu não gostei muito da Tully, achei ela egoísta, imatura e inconsequente, porém, tive que relevar em consequência de sua história de vida, que vida sofrida meu Deus! Os vários abandonos pela mãe, que em uma das vezes a perdeu no meio de uma multidão e não a procurou; a nada especial primeira relação sexual que marcou completamente a vida dela, transformando-a em uma pessoa fria e calculista, desacreditada no amor. Com a mais absoluta certeza ela só superou tudo isso (se é que superou) por causa da Kate.

Kate enfrentou seus medos e insegurança com e pela Tully, ela se agarrou tanto à necessidade dessa amizade que se viu obrigada a muitas vezes pedir desculpas por erros que não cometeu, tudo em nome da amizade verdadeira. Quando fez sua própria escolha, novamente se anulou pelos filhos, pelo medo constante que ser mãe causa, pelo cansaço físico quando os filhos são pequenos e pelo cansaço mental em ter uma filha adolescente!

Adorei os questionamentos que ambas fazem de suas vidas, pois até onde a escolha exclusiva pela vida profissional ou pela pessoal podem trazer felicidade? Kristin responde e ambas as amigas a  descobrem de forma trágica!

Chorei rios, marquei muitos quotes e levo esse livro pra vida toda, pra reler milhares de vezes. Sensível, engraçado, reflexivo e adorável! Ciúmes, traição (e traição não é apenas entre homem e mulher), filhos, felicidade, casamento, amizade são apenas alguns dos temas presentes em Amigas para sempre, o livro mais emocionante que já li!

Corra ler!!!

Beijos

12 comentários:

  1. Estou doida por esse livro. A autora já provou que é boa no que faz! Consegue trazer uma história envolvente, sensível e cheia de questionamentos e reflexões que faz com que o leitor tenha uma experiência de vida, não somente uma leitura.
    Adorei sua resenha e espero ter a chance de ler em breve (e, de preferência, me emocionar tanto quanto você!).
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie Cris!!!
    Eu já li jardim de Inverno e super recomendo, também quase me afoguei nas minhas lágrimas, ele é um livro ambientado na 2ª guerra mundial e é como você falou: é incrível como a Kristin consegue trabalhar tantos tema em um enredo!! Estou louca pra ler esse livro, a capa dele é linda e a história parece ser emocionante, nossa a Tully parece ser muito antipática, rsrsrs mas devemos levar em conta né?! Haja vista a vida que ela teve. Já a Kate parece ser maravilhosa, uma fofa. Deve ser bem irritante ver a Kate sempre na sombra de Tully, mas a Kristin sabe muito bem como escrever algo assim sem ficar enfadonho!!! Sua resenha ficou ótima!

    Beijos!


    Meu Diário

    ResponderExcluir
  3. Já li muitas resenhas deste livro e li a sinopse de "Por toda a eternidade"... fiquei chateada por ter lido.
    Agora fico com receio de ler...
    Acho que este livro deve ser lindo... uma estória de amizade, sensível, divertido e com drama na medida certa.
    Fiquei muito curiosa para saber a tal da traição... o que aconteceu.
    Preciso ler este livro, mas vou ler "Por toda a eternidade" antes...

    ResponderExcluir
  4. Nossa amiga, ele é tão bom assim? Não imaginava. Sempre gostei de histórias sobre amizades e depois da sua resenha fiquei ainda mais curiosa. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  5. Estou com esse livro em espera de pedido (fui comprar tinha acabado) porque quero dar de presente à uma amiga em especial que tenho e me disseram que esse livro faz a gente repensar muito em tudo, acho que ela vai amar!!! E eu depois compro pra mim!!!

    ResponderExcluir
  6. Estou super ansiosa para ler os livros dessa autora. Já ótimas resenhas dos livros dela.
    Já tenho o livro Por toda a eternidade, mas como você falou gosto de ler os livros na sequência certa, então quero ler Amigas para sempre primeiro.

    Bjus!!!
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ai ai Chrys não faz essas coisas, não dá pra vir aqui sem colocar mais um livro na lista de desejados. O livro foi tão bem aceito e falado que está passando pro início da lista de compras e não vejo a hora de poder ler. Confesso que criei um certo preconceito quando vi que era um livro sobre amigas, vá lá saber o porque mas... E acabei tomando um belo de um tapa porque as resenhas só falam bem da história e eu fiquei morrendo de vontade de ler. Tenho certeza de que irei chorar um monte também.

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Estou louca para ler todos os livros da autora,já estão na minha listo de favorito!
    Parabéns pela resenha,despertou mais ainda meu interesse ,pelo que pude ver na blogosfera ,envolvente,emocionante e tocante ,nos traz uma mensagem bonita para o nosso cotidiano!
    Beijinsss!

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada pela dica Chrys, eu to com Por Toda a Eternidade e já ia ler, mas agora sei que preciso começar por Amigas para Sempre que também está aqui.
    Eu só fico pensando em começar a leitura e me afogar em lágrimas, acho que esse não é o momento, mas gostei de saber que é um livro completo que aborda vários assuntos importantes e do cotidiano.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  10. Oi Chrys, acabei lendo Por Toda a Eternidade antes deste livro, mas ainda bem que não deu problema. Virei fã da Kristin e pretendo conhecer o motivo da briga desta amigas o quanto antes.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Olá Chrys!!
    Não vejo a hora de poder ler esse livro. Já ouvi comentários super positivos sobre ele e ler sua resenha me animou mais ainda.Adoro histórias que envolvem amizades fortes e verdadeiras. Tô doida pra ler esse livro... *-*Espero poder conferir em breve!!

    ResponderExcluir
  12. Nossa Me Vi nesta história com certeza vou ler .Ninguém imagina qual nossos caminhos.......

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!