20 maio 2013

[RESENHA] O Dominador - Tess Gerritsen

  
Ah livros em série, eles conseguem nos prender, ansiar pela continuação e ficar de cabelo em pé né?

E foi com essa ansiedade toda que eu comecei a ler O Dominador – Tess Gerritsen.

Ele é o 2º Livro da série Rizolli & Isles, e eu li ele praticamente em seguida do primeiro, O Cirurgião. Eu até tentei ler um entre eles, Corpo Delito – Patricia Cornwell , mas pelo amor de Deus!!!

A leitura não fluía, eu tinha que ficar voltando, não consegui ter foco e tudo isso  porque O Dominador já estava na prateleira me esperando rs rs rs.

Preparados?  Bora lá

Tess Gerritsen
  
“Lembro como é caminhar em liberdade.....nos dias de verão , eu me juntaria à multidão aguardando o sinal da faixa de pedestres ficar verde. Na confusão de uma esquina cheia de gente, que mulher notaria que o homem às suas costas inclinou-se para cheirar seu cabelo? Que mulher notaria que o homem as suas costas está fitando seu pescoço, marcando os pontos de pulsação, os locais onde a pele tem aroma mais adocicado? Nem a mulher  nem ninguém nota . O sinal da faixa de pedestres fica verde. A multidão começa a se mover. E a mulher continua caminhando, sem saber, sem suspeitar, que o caçador pegou seu cheiro ″


Depois de ter lido O Cirurgião, achei que Tess Gerritsen não me surpreenderia mais, as vezes, nas séries, um livro acaba não superando o outro né? Ou talvez criamos expectativas demais e acabamos por nos frustrar rs.

Mas não foi isso que aconteceu !!!! O livro me surpreendeu novamente.

Depois da detetive Jane Rizolli ter enviado o cruel assassino Warren Hoyt para a cadeia, a vida deveria voltar ao normal. Mas isso não aconteceu, ela agora vive preocupada com portas e janelas, e está sempre atenta a qualquer atitude suspeita. Na verdade me parece que ela está à beira de um ataque de nervos.

É verão em Boston (Nunca vou ir pra Boston no verão), e agora um novo tipo de assassinato está assustando a cidade. Casais são atacados, e quando a polícia chega na cena do crime apenas o corpo do marido está lá, a esposa desapareceu.

Rizolli acaba sendo chamada em uma das cenas do crime, e ela imediatamente acha que a assinatura do assassinato tem tudo a ver com Hoyt, mas como pode ser? Se a única certeza, e alivio, que ela sente e sabe, é que ele está preso.

No decorrer do livro, todos tem dúvidas se ela vai conseguir lidar com esses novos assassinatos, com essa nova caçada, e agora pra ajudar um agente do FBI, Gabriel Dean, está ajudando (ou não) nas investigações, na verdade surge dúvidas de quem realmente é esse agente. Rizolli principalmente está sempre com um pé atrás em relação a ele. Afinal, porque ele sempre parece esconder alguma coisa, sempre está demonstrando que sabe mais do que deixa transparecer.

Bom no primeiro livro tínhamos três histórias com pontos principais, a Dra. Cordell e o Detetive Moore nesse livro nem aparecem, eles estão em lua de mel e ocasionalmente a Rizolli liga pra dar notícias de como andam as investigações. Algo me diz que nos próximos eles nem aparecerão mais.  

Uma coisa que me intriga muito é, em que livro a Isles passa a ter mais destaque, afinal a série chama-se Rizolli & Isles né? Nesse livro ela aparece bem pouco, podemos descobrir que ela é competente, que adora o que faz, e é chamada pelos colegas de A Rainha dos Mortos, por gostar mais de estar entre eles do que qualquer coisa. Me pergunto quando ela vai ter mais destaque, esse segundo livro gira totalmente em torno da Rizolli.

Podemos conhecer um pouco mais da família insuportável dela, uma mãe extremamente egoísta e centrada nos dois outros filhos (homens), que faz de tudo para diminuir sempre que pode a filha. Passei a gostar mais da Rizolli sabe, pude ver que toda aquela amargura que ela demonstra no primeiro livro tem sentido. Ela sempre tenta se mostrar melhor que os outros e acaba sendo um pouco seca. Mas com uma família igual a dela eu também seria assim.

Bom no final, a descoberta de quem é o assassino dominador é um pouco frustrante, eu esperava que fosse alguém com mais história, porém ele acaba ficando tão em segundo plano, que nem me apeguei muito a isso.

Esse livro é contado em terceira pessoa e em alguns trechos, o pensamento do assassino é em primeira pessoa, achei interessante essa troca, imediatamente entramos na mente dele e ficamos sabendo dos crimes pelo outro lado da história. Interessante mesmo.

Agora tem algumas cenas que falam sobre necrofilia, arghh, difícil de ler, mas ao mesmo tempo sei lá, fazia parte do enredo, não tinha como ela explicar ou contar sem se aprofundar no tema.

Olha um trecho:
Amor pelos mortos " (relações sexuais com cadáveres) é um dos mais sombrios segredos da humanidade. A palavra vem do grego, mas existem evidências que datam dos tempos dos faraós egípcios. Uma mulher muito bonita que morria naquele tempo, tinha seu cadáver escondido dos embalsamadores por, pelo menos, 3 dias, para assegurar que seu corpo não fosse profanado sexualmente, pelos homens que a iriam preparar para a mumificação. Esse tipo de perversão sexual tem sido registrada ao longo da História - é dito que Herodes manteve relações sexuais com o cadáver de sua esposa morta, por 7 anos. Essa atividade ninguém quer comentar, mas é mencionada, repetidamente, na literatura, e em inúmeros casos de polícia reais."

E é nessa passagem do livro que consegui ver a Rizolli abalada pela primeira vez, também que assunto né?

Ahhhhhhhh claro, e a Rizolli começa ter um romance!!! É muito legal ver ela se desarmando.  Uma personagem tão durona, tão forte, mas que com uma possibilidade de estar apaixonada, não adianta, acaba abaixando a guarda (Ah o Amor).

O Fim desse livro deixa claro que tem continuação, então não adianta ler o segundo se você não ler o primeiro, vai ficar perdido, vai ficar com lacunas, afinal só quem sabe o que Hoyt fez com a Rizolli pra entender o que ela faz agora com ele!

A capa desse livro tem mais cor, é mais forte que o outro (que deu tanta controvérsia né rs? Uns gostando, outros não). Eu gostei um pouco mais dessa.

E pra vocês que gostam de suspense policial, médico, detetives, FBI, não pode mesmo deixar de ler.

Minha nota vai ser 5!



Espero que tenham gostado,

Um Beijo


30 comentários:

  1. Uau...5 estrelinhas deve ser muito bom mesmo , amei a resenha de O cirurgião e essa também é muito boa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,

      Que bom que gostou, eu sou suspeita pra falar, e terminando um livro aqui, já vou ler O Pecador.

      Um Beijo

      Excluir
  2. Nossa!
    Esse livro parece demais, até melhor que o outro. Criei uma imensa vontade de ler, adoro essa coisa de suspense, mortes e tal. Achei muito Argh o trechinho do livro, que horror.
    A capa eu continuei não gostando muito, talvez pessoalmente seja melhor mas assim não me conquistou. Mas a resenha sim, quero ler essa série.
    Bjs, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. On The Road,

      Acho que eles vão superando a cada livro viu, quando eu ler O Pecador , vou ter a certeza e conto pra vocês.
      Argggg mesmo essa parte que trata de necrofilia, mas como diria a Dra Isles, são ossos do ofício , rs .
      Pois é a Capa não me diz muita coisa, embora tenha uma corzinha....

      Leia , Leia , Leia

      Bjs

      Excluir
  3. Sara!!!
    Realmente a Greice tem razão! Este livro parece ainda melhor que o primeiro.
    Confesso que não me importo com as descrições detalhadas dos assassinatos, só acho que é preciso muito estudo para poder transcrever isso com propriedade.
    Pelos trechos que você trouxe, me encantei com a narrativa: inteligente sem ser cansativa e fiquei deslumbrada com o acréscimo de informações de cultura geral!
    AMEI!!!
    Eu sinceramente acho que a série foge um pouco da realidade dos livros e por isso o papel de Isles deve ser maior lá que aqui... Acredito que ao final da série você nos conte se é verdade ou se o papel dela cresce a cada livro!!!

    Beijos
    Chrys

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chrys
      Eu tenho que acreditar naquilo que estou lendo, então as descrições me convencem. Ela fala com bastante competência do assunto, acredito eu por ter sido residente de medicina.
      Aprendi muito com esse livro,desde as técnicas de necrópsia ( Vai que um dia eu preciso rs ) , Como de cultura geral.
      Estou intrigada pra saber quando a Isles terá maior destaque viu !

      Bjs

      Excluir
  4. Não lo nenhum da série mas fiquei muito curiosa com esse livro!!!
    Mais uma série para minha lista!!! Esse suspense parece ser incrível!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaynara, comece com O Cirurgião, assim se você não gostar não ficara com cara de "ué" porque ele fecha a história no primeiro livro.

      Bjus!!!!

      Excluir
  5. Não conhecia este livro, mas confesso que sua resenha me deixou bastante curiosa. A capa é linda e instiga a curiosidade.

    Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda,

      Você leu a resenha do primeiro livro da série? Veja aqui http://www.todaaliteraturadomundo.blogspot.com.br/2013/05/resenha-o-cirurgiao-tess-geritsen.html

      Realmente a cada capítulo da história, e a cada livro da série eu vou ficando mais ansiosa viu !!

      Bjs

      Excluir
  6. Se eu já queria ler O Cirurgião, imagina agora? Achei as história dos livros bem interessante.
    Com certeza eu pretendo conferir.
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany,

      Me conta depois de ler heim !!!!

      Bjos

      Excluir
  7. Livros em série são ao mesmo tempo uma benção e uma maldição. Você fica feliz por saber que tem continuação aquele livro maravilhoso, ao mesmo tempo que fica triste porque tem que esperar e/ou não tem dinheiro para comprar a continuação, é tão triste =/

    Adorei a resenha! O livro parece ser mesmo legal.
    Sobre a personagem durona, quem não é atingido pelo amor né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, nem me fale, terminei de ler A Elite e fizemos até um texto disso porque olha, que agonia viu !!!!!

      Mas como essa série já tem bastante livros lançados no Brasil, a angustia é menor viu rs !

      Ah o amor ( kkkk)

      Bjs

      Sara

      Excluir
  8. Bem interessante esse livro, adoraria ler! A sinopse já dá vontade, a resenha então? Mais um na lista de queros! é bem legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris que bom que gostou !!!!

      Espero que possa ler , e me conte depois o que achou !

      Bjs

      Excluir
  9. Que pena que desenvolveram pouco a descoberta do assassino, acho essa a parte mais emocionante. Mas ainda assim tenho vontade de ler, parece um ótimo livro.
    ahh eu não gostei da capa, esse amarelo ovo não me agrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naty, isso passa desapercebido, devido a outros fatores serem bem mais interessante viu
      A Capa melhorou , porque do O Cirurgião eu não gostei mesmo , mas continua não sendo das minhas preferidas viu

      Bjs

      Excluir
  10. Estou com o Cirurgião em casa emprestado para ler, mas não estava com muita vontade, mas depois de ler essa resenha não tem como eu continuar sem essa leitura, parece muito bom mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa
      Leila leia leia !!!

      Fiz resenha para o Cirurgião também !
      Depois me conta o que achou !

      Excluir
  11. ADOREI O LIVRO e vou incluir a série na minha lista de desejados. Adorei o assunto do livro e pode parecer loucura, mas eu gosto de ler sobre necrofilia, por pura curiosidade, claro.

    ;)

    http://pseudonimoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriane!!!

      Ufa!! ainda bem que é só por curiosidade kakaak

      Bjos!!!!!

      Excluir
  12. Menina, a capa dos livros da Tess não me empolgam, mas as sinopses, essas me fazer querer ler os livros na livraria msm... rsrs
    Eu ainda não li O dominador, mas amei O cirurgião, e como sua opinião foi parecida, acredito que vou amar esse tbm, apesar da descrição de cenas pesadas, mas acho que tbm tudo serve pra contextuar a história.
    Ah, e eu tbm não sabia que esse era continuação de O cirgião, tenho alguns livros da Tess, mas esse ainda não, e com certeza, ele vai pra listinha de compras... rsrs

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é !! a Capa não é o forte desses livros né?
      Podiam ser bem mais empolgantes !

      Pois é , a listinha é grande viu?
      Se quiser depois te passo !!

      Tentei visitar mas vi que você também não tem blog né?
      To certa ou to doida?

      Sara Bertti

      Excluir
  13. Me pergunto como seria ler relatos de um assassino. Creio que tenha sido a parte que mais mexeu comigo na resenha. Senti uma enorme vontade de ler apenas para chegar até aí. Já estou apaixonado pelo primeiro livro (que não li) da série. Será uma grande aventura, com certeza!

    ResponderExcluir
  14. Ah Jarles é um misto de curiosidade, emoção e ( nojo) rs !!
    Mas eu gosto mto !!!

    Espero que possa ler!

    Um beijo

    Sara

    ResponderExcluir
  15. Acho que nunca ouvi falar dessa série antes, mas não tenho certeza. Adorei a resenha!! Quando vi a capa do livro, mas achei que iria gostar, mas quando cheguei no final dos post, fiqueimorrendo de vontade de ler!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Thicy

      O Intuito é fazer vocês terem mesmo vontade de ler

      Um Beijo

      Sara

      Excluir
  16. Pelas capas dos livros da série eu achei que não fossem bons (nunca julgue um livro pela capa haha), aliás eu sequer suspeitava que se tratasse do gênero policial (principalmente pela capa de O cirurgião). Quando eu tiver a oportunidade de encontrar novamente o vira-vira, irei comprar com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é
      Por isso eu vivo batendo nessa tecla da capa, essa série não é boa de capa, mas o conteúdo salva muito !!!

      Bjs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!