08 abril 2013

[RESENHA PREMIADA] Meu amor, Meu bem, Meu querido - Deb Calleti


Você se apaixona e então pensa que se encontrou. Mas quase sempre você está se procurando dentro dele. Isso é um fato. Há somente um lugar onde você pode se encontrar. - Ela bateu no peito. (Pág 182)

Eu já tinha comentado com vocês que escolhi essa leitura pela capa e pela quantidade de páginas pois vim de uma leitura enorme e densa. Eu demorei muito para ler esse livro, por diversos aspectos que explicarei na resenha a seguir, mas confesso que após ter terminado ele, muito embora não tenha sido uma das minhas melhores leituras, não me arrependi.

Ruby McQueen, 16 anos, é uma adolescente comum a ponto de seus colegas a nominarem de "Garota Calada". Sempre distante de encrencas ela resolve mudar o caminho de casa e acaba conhecendo o encrenqueiro, bad boy, lindo, rico e charmoso Travis Becker.

Completamente atraída por Travis, ou até mesmo por quem ela precisa ser quando está ao lado dele, Ruby  aproveita o estado de coração partido de sua mãe para se tornar uma garota inconsequente que coloca em risco a confiança de todos aqueles que a viram crescer, quando não até mesmo sua integridade física.


A garota certinha agora se vê andando de moto em alta velocidade, mentindo para a família e acompanhando Travis em alguns furtos. Ao se ver em uma situação irreversível, Ruby pede ajuda.

Ann MacQueen viveu sua vida inteira às margens da volta de seu marido artista que a deixou para cantar em um bar de um parque de diversões em outro estado. Chip aparecia 1 vez a cada dois anos, desaparecendo quase que na mesma velocidade, deixando Ann com o coração completamente desmantelado. E dessa vez, foi ainda pior, Chip chegou de repente, reascendeu a chama da esperança em Ann, mas quando decidiu ir embora, revelou-lhe já ter outra família e filha.

Ann teria condições de ajudar a filha sofrendo do mesmo mal? O que lhe restara fora levar Ruby para participar de seu grupo de leituras com as Rainhas Caçarolas, velhinhas e velhinhos simpáticos que se reuniam semanalmente e compartilhavam conhecimentos acerca de alguma leitura sugerida.

E é aqui, neste grupo que Ruby encontra a paz de espírito. Ruby se apaixona por cada integrante do grupo e suas histórias de vida ao se envolver em uma aventura com sua mãe, seu irmão mais novo e as demais velhinhas e Harold o único velhinho participante, para resgatar a fundadora das Rainhas Caçarolas, a Lílian , vitimada por um AVC e internada em uma casa de repouso pelas filhas e levá-la até seu amor, seu querido, seu bem.

********

Quando eu percebi que não estava gostando dessa história eu parei e decididamente refleti sobre questões mais profundas que esse livro traz. Desde que comecei um curso de Desenvolvimento pessoal e profissional, tenho visto as coisas com uma profundidade maior e com minhas leituras não foi diferente. Assim, comecei a enxergar lições de empreendedorismo em Monstros S.A e em uma excelente lição de vida em Meu Amor, Meu bem, Meu querido.

Esclareço desde já que este livro está longe de ser meu preferido do ano ou de qualquer ano, mas é inegável que ele me fez refletir muitas coisas que tentarei resumir pra resenha não ter um quilômetro. A história de Ruby, confesso é adolescente e inconsequente, e ao lado de Travis se transformou no pior que poderia. Quem nunca quis ser diferente ou fazer coisas diferentes para se sentir incluída em algum grupo ou para atrair algum garoto? Acredito que a grande maioria dos adolescentes normais responderia que sim, fez ou faria.

O livro nos traz a reflexão sobre até que ponto vale a pena e até que ponto temos condições de assumir as consequências em ser quem não se é. Vale a pena mudar sua essência para chamar a atenção de alguém? Será que essa pessoa vale esse esforço? E fazer coisas moralmente erradas e arriscadas e magoar pessoas que te amam, é válido?

Deb nos mostra ainda a solitária vida de Ann e Chip que se apaixonaram e não passou disso. Com as responsabilidades de casa, contas e filhos, Chip caiu fora deixando Ann em uma nova vida, com o coração dilacerado pelo menos uma dúzia de vezes e com dois filhos pequenos pra criar. Ann aceita sempre suas voltas, sem questionar seus motivos, nos fazendo pensar: Mulher, porque você aceita isso? Porque nós mulheres e homens apaixonados demoramos pra perceber uma situação de dependência e por qual motivo não conseguimos colocar um ponto final em uma história sangue-suga????? Me identifiquei muito com Ann, com sua história e suas justificativas, mas também com seu ponto final. Me apaixonei por ela e por sua coragem no final das contas.

Em contrapartida, nos apresenta a história de Lílian, que deixou seu amor partir no passado e quando estava livre novamente, fora impedida de reencontrá-lo por um AVC e por suas filhas que desejam acima de qualquer coisa, que a mãe preservasse a memória de seu falecido marido em detrimento de sua felicidade. O que é e como encontrar o verdadeiro amor? Os integrantes da Rainhas Caçarolas nos apresentam suas experiências de vida, seus erros e acertos.

Eu me embasbaquei com a quantidade de quotes que extraí desse livro. Confesso que não dei mais estrelas pois a escrita foi falha, com algumas frases sem sentido, que acredito ser devido à traduções ao pé da letra, fugindo do contexto. Eu lia e relia algumas coisas e aquilo não fazia o menor sentido, mas enfim, tive apenas que ignorar ou tentar entender no contexto geral.

Sim, eu recomendo a leitura para quem quiser algo mais que entretenimento desse livro, se a intensão for se emocionar e se pegar pensando: "É Verdade", LEIA!!!

********

Eu não poderia deixar de proporcionar a vocês uma promoção desse livro!!!
Vou tentar simplificar as regras para que vocês participem e indiquem para os amigos.

Vamos lá?!

Regras:
1) Seguir o blog pelo GFC publicamente;
2) A promoção estará vigente do dia 08/04 a 08/05/2013;
3) Comentar na resenha - não serão computados comentários sem pertinência com o conteúdo da resenha (ex: gostei da resenha, concordo com você, pretendo ler, etc.);
4) O prêmio será enviado em até 30 dias após o resultado (esclarecendo que o recebimento está condicionado ao tráfego das correspondências dos Correios)
5) O vencedor(a) será avisado por e-mail e deverá respondê-lo em até 48h com os dados para envio do livro (endereço do Brasil), caso negativo, outro sorteio será realizado.


a Rafflecopter giveaway


Que a sorte esteja com vocês!!!

Beijos


44 comentários:

  1. Olhando a capa, nao imaginava que o teor da historia fosse esse, mas de qualquer maneira a capa é bem bonita. Acho que vou gostar da historia por ela falar de relações humanas, de diversos personagens e não de um personagem principal, central, e mesmo com algumas frases sem sentido que voce encontrou no texto, ainda bem que sua leitura nao foi tão prejudicada! Quero muito ler esse livro mesmo com algumas ressalvas que estou lendo nas resenhas! bjão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li despretensiosamente e achei bem interessante!

      Beijos

      Excluir
  2. Olha, como ganhei esse livro, não vou participar - deixo para minhas amigas sortudas.
    Sobre o livro, não li ainda, mas os comentários não têm sido muito significativos pra mim, pq divergem... mas como ele está aqui, qualquer hora pego pra ler e descobrir se concordo com você. beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sem expectativas e tentando receber a mensagem subliminar, vai te tocar e fazer vc pensar na vida, no amor!

      Beijos

      Excluir
  3. Gostei da capa, o nome do livro também é muito lindo.
    Gosto de ler livros assim que fazem a gente refletir sobre questões de nossas decisões.
    Sempre acaba deixando um ensinamento. Gostei da resenha.
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse livro me surpreendeu e separei muitos quotes... quem sabe um post... beijos

      Excluir
  4. Chrys adorei sua resenha sobre esse livro, devo dizer que desde que li a sinopse dele eu fiquei querendo muito lê-lo, a história parecer ser muito boa e bem envolvente, estou super curiosa.
    Parabéns pela bela resenha, sempre completa, adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não tem um ritmo frenético, mas é bem gostosinho, eu o compararia a um filme sessão da tarde... só quem gosta vai entender... rs
      Beijos

      Excluir
  5. Já vi várias resenhas desse livro e todas sempre me deixam com vontade de compra-lo, só está faltando o dinheiro :/
    beeijs e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então participe da promoção Cris!!!

      Beijos

      Excluir
  6. A capa do livro sempre foi atrativa para mim, mas como não se pode julgar o livro pela capa fiquei com o pé atras, mas faz tempo que vejo várias resenhas desse livro e todas sempre me deixam com vontade de compra-lo, só falta o dinheiro :(

    Beijs e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou suspeita pra falar qualquer coisa sobre capas, pois julgo por elas...
      A minha escolha foi pelo tamanho e pela capa, então já viu neh?!

      Beijos

      Excluir
  7. Eu não sabia do enredo do livro até poucos dias atrás, antes não achava muito interessante, mas agora eu tenho muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Vanessa...
      Numa tarde chuvosa, ele vai que vai... rs
      Beijos

      Excluir
  8. Esse livro parece se bem gostosinho de ler. Adorei a resenha, agora sei o que precisava saber para decidir se vou ou não comprar o livro! HAHA
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha gostado, embora não seja um romance tórrido, é bem gostoso!
      Beijos

      Excluir
  9. eu quero muito ler esse livro adorei a sinopse!!!! super bacana e com certeza esta na lista de desejados ardentemente

    ResponderExcluir
  10. gostei do ultimo livro que li dela e fiquei doida com esse. Achei muito fofa a sinopse dele. A história já deu pra ver que é uma graça, é o que tirei das resenhas que vi. Bom livro.

    ResponderExcluir
  11. Estou muito encantada com sua resenha. Pensei que o livro fosse um romance "normal", não que trouxesse questões tão bacanas para uma reflexão sobre a vida e nossas escolhas.
    Sou como você também, gosto de ler com um olhar mais crítico, tentando tirar mais do que a superfície das histórias, gosto de ir até o fundo, analisar, aprender e refletir. Muitos livros já me ajudaram a mudar conceitos e melhorar coisas na vida.
    Gostei bastante, mesmo não sendo o livro do ano, e pretendo ler!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Ana Paula,
      Acho que no fim todo livro tem um pouco disso... vai da gente estar num momento mente aberta e captar algumas situações e interpretá-las...
      Ler por ler é chato e não proporciona boas aventuras!!!

      Beijos

      Excluir
  12. A resenha ajuda a despertar a curiosidade. Assim mesmo, não creio que entraria para minha lista de favoritos. Não está na minha lista de aquisições, mas num bom preço, eu arriscaria em comprar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jarles,
      Acho, sinceramente um assunto meio menininha, mas se vc levar para o lado filosófico da coisa, dá pra tirar uma boa lição de vida!
      Beijos

      Excluir
  13. Gostei muito da sua resenha Chrys. Vc conseguiu extrair a mensagem do livro.
    Vi outras resenhas que foram tão superficiais e chegaram a me desmotivar sabe.
    Penso que quando lemos um livro devemos fazê-lo assim como vc, buscando nas entrelinhas o que o autor(a) propõe com a trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gladys.
      Não se desmotive não... o livro não é perfeito, mas ainda assim é muito bom e vale a pena!

      Beijos

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. É muito interessante você dizer que o livro está longe de se tornar o seu favorito do ano, mas também é inegável a profundidade dele. Adorei!

    ResponderExcluir
  16. Achava que a historia fosse bem diferente, mas estou num periodo que estou precisando de um livro assim, talvez tire algo de bom dele para mim, alem de apenas entretenimento. Nem que seja somente uma frase.Bjksss

    ResponderExcluir
  17. Imaginei algo totalmente diferente desse livro. Realmente às vezes fazemos coisas para nos enturmarmos, principalmente se somos sempre certinhas e nos sentimos excluídas. Acho que vou ler esse livro e pretendo ir fundo na estória e ter um olhar crítico assim como você fez.
    Bjs, Greice.

    ResponderExcluir
  18. Participando
    Nunca li o livro dessa autora,mais gostei da resenha...torcendo

    ResponderExcluir
  19. Gostei da abordagem, falar sobre essa coisa de aparentar ser o que não é de verdade. Já li resenhas sobre esse livro e eu quero muito ler.

    Estou participando na esperança de ganhar.

    ;)

    http://pseudonimoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, Chrys! Acabei de ler o livro ontem e acabei gostando da história! Achei o final bem surpreendente! Confesso que em alguns momentos fiquei meio perdida, me perguntando: "o que isso tem a ver com a história?!". Mas depois fui entendendo onde a autora queria chegar! Gostei bastante da mensagem do livro!
    Vou ficar de fora do sorteio por já ter o livro! Desejo boa sorte aos que forem participar! ;)

    ResponderExcluir
  21. Vi muitas resenhas positivas do livro e gostaria muito de lê-lo, parece ser uma historia muito boa e mostra como as pessoas mudam agente, tenho certeza que deve ser uma leitura muito gostosa, não vejo a hora de começar.

    ResponderExcluir
  22. Serio, nao sei porque carga d'agua eu me identifiquei por esse livro, vi entender né. Mas enfim gostei do enredo que a autora tem, espero ler esse livro logo!

    ResponderExcluir
  23. Apesar de não ser um livro que vá se tornar memorável eu acho que leria com prazer, lendo a sua resenha eu me peguei pensando como muitas vezes de uma leitura despretensiosa tiramos lições de vida e ensinamentos, só isso faz valer a pena ainda que não seja o livro que vai mudar nossas vidas.

    ResponderExcluir
  24. Eu quero ler esse livro por achar que a história seja bem leve e estou precisando mudar de tema só leio romance e infantil no momento, e essa parece ser bem legal falando de questões humanas e o romance fica em segundo plano.

    ResponderExcluir
  25. Poxa acho q esse livro teve nos fazer refletir, principalmente sobre o amor...
    Então eu adoro a capa, acho lindinha, estou querendo ler, vamos ver se vai ser um dos meus proximos livros... Uma pena q a tradução seja ruim e tenha deixado as frases sem sentido...
    bjos

    ResponderExcluir
  26. own... confesse que não dei muito bola para o livro quando li a sinopse. Estava meio com o pé atrás com romances teen desde "Esperando por você"

    Mas depois de ler a sua resenha , vou dar uma chance ao livro.

    Adoro livros que tenham algo a ensinar, pelo menos uma alguma coisa a se pensar. No caso " Ficar com alguém mesmo que as vezes que ele te faça mal... ou deixa-lo partir e se arrepender depois" sem contar a importancia da familia, amigos...

    só fiquei triste pelas falhas na escrita.

    bjuus

    ResponderExcluir
  27. Eu não entendi se você achou que a leitura desse livro parece ser densa também ou não, mas pela história, eu senti que sim. Nos dois primeiros parágrafos eu já achei que contava a história que se desenrolaria durante o livro todo.
    Pode ser apenas uma impressão minha, mas parece que a história ficou bem enxuta e que poderia se prolongar um pouco mais. Vejo toda essa história da Ruby e da sua mãe sendo resumidas logo no começo do livro quando poderiam ser mais desenvolvidas.
    Mas como eu disse, isso é só uma impressão que eu tive ao ler a resenha. Quero ler o livro para eu mesma poder comprovar isso.

    ResponderExcluir
  28. Eu não entendi se você achou que a leitura desse livro parece ser densa também ou não, mas pela história, eu senti que sim. Nos dois primeiros parágrafos eu já achei que contava a história que se desenrolaria durante o livro todo.
    Pode ser apenas uma impressão minha, mas parece que a história ficou bem enxuta e que poderia se prolongar um pouco mais. Vejo toda essa história da Ruby e da sua mãe sendo resumidas logo no começo do livro quando poderiam ser mais desenvolvidas.
    Mas como eu disse, isso é só uma impressão que eu tive ao ler a resenha. Quero ler o livro para eu mesma poder comprovar isso.

    ResponderExcluir
  29. hum, pelo visto foi bem o que pensei, uma leitura com alguma lição pra vida, mas nada que marque. Uma coisa que tambem me atraiu no livro foi a capa, é realmente lindissima. Nao sabia que tambem contava a historia da mãe dela, pensei que era so o tipico drama adolescente envolvendo bad boys. Bem, quero ler em breve, mas sem espectativas.
    Participando da promo!
    bj

    ResponderExcluir
  30. Eu vi tantas criticas sobre esse livro que toda a minha vontade de ler foi arruinada haha. Acho que eu iria gostar mais da história dos velhinhos do que do romance da Ruby e do Travis... Mas que bom que pelo menos tem uma lição.

    ResponderExcluir
  31. O enredo parece interessante, uma pena que teve esses erros na tradução. Algumas editoras realmente pecam nesse quesito, sendo que a tradução deveria ser uma prioridade.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!